5 de setembro de 2008

CIÊNCIA VIVA na NAZARÉ e as sete saias das Nazarenas


Fui a uma sessão da Ciência Viva, atraída pelo título - Milagres da Geologia no Sítio da Nazaré. E não me arrependi! A jovem geóloga, de seu nome Laura e Nazarena "dos sete costados" deu informação e mais informação... com termos eventualmente desconhecidos, para pessoas que, como eu, nada sabem sobre geologia, mas fê-lo de uma forma tão entusiasta e com uma simplicidade tal, que captou a nossa atenção e a mim, ensinou-me imenso.

Venho a este assunto porque a Laura (suponho ser geóloga na Câmara da Nazaré) que se veste de Nazarena, de vez em quando, demonstrou como é fácil e prático usar este traje, o que muito nos surpreendeu! Entre outras coisas "não é preciso usar carteira porque temos a alzebêra", dizia ela, com o propósito de adulterar o vocábulo. E, pegando nas sete saias dos trajes expostos no Museu, ia enfiando a mão em cada uma das aberturas laterais até chegar à tal "alzebêra"... bem escondida e só atingível pela portadora do traje.

Então não é que comecei a associar o gesto e as palavras da Laura ao mito da Descida aos Infernos de Istar de que fala Moisés do Espírito Santo? A deusa, para entrar nos Infernos, teve de passar por sete portas, "arquétipo dum mistério iniciático de morte-ressurreição em sete passos, graus ou segredos", tantas quantas as saias da Nazarenas. Resquícios do culto a esta deusa?
(Foto de TeresaPerdigão - A LAURA)

4 comentários:

Luis Eme disse...

Olá Teresa.

Quem bom encontrá-la por aqui, vou voltar com mais tempo...

María disse...

Ora que imensa pena que eu tenho de não ter assistido a tal evento. Com o que eu gosto da Nazaré, Geologia e destas explicações dos mitos, das lendas, das tradições, dos hábitos e costumes das gentes........e sendo completamente leiga como sou....mas adoro aprender!!!
Parabéns Teresa!! Estou a gostar muito!

Teresap disse...

Luis eme: Também aprecio as tuas vistas e gostaria que elas se tornassem num hábito. Há muito para dizer...

Teresap disse...

Maria: ainda está a tempo de participar em algumas actividades da Ciência Viva. Vou amanhã ao "menino do Lapedo". Quer ir? Visite www.cienciaviva.pt e procure no distrito de Leiria o que mais lhe agrada. Bj